Igarapé, 20 de outubro de 2017

Prefeitura Municipal de Igarapé

Você sabia?
Imprimir Email

Cultura

22º Batizado de Capoeira movimenta Igarapé

por Assessoria de Comunicação

03/10/2017 09:24

A capoeira é reconhecida pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) como patrimônio imaterial da humanidade. Suas raízes africanas, e também brasileiras, engrandecem a história do resgate dos negros que vivenciaram o período da escravidão. A Prefeitura de Igarapé, em respeito ao movimento que tanto acrescenta, realizou o 22º Batizado de Capoeira, que reuniu cerca de 500 pessoas.

 

No Centro de Convivência da Melhor Idade 60 alunos foram batizados, participando de uma cerimônia característica da capoeira, na qual a elevação das graduações são classificadas por cores. Muita música com intervenção de canto da plateia animou o ambiente, reunindo pessoas de vários locais. Os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia marcaram presença. A capital mineira e munícipios vizinhos, como Betim, Mateus Leme, Juatuba, Contagem, Vespasiano, Ravena, Santa Luzia e Ribeirão das Neves também prestigiaram o evento com as suas respectivas rodas de capoeira.

 

Neste batizado, no último domingo (01/10), somente os alunos que participam das aulas da Casa da Cultura foram elevados de suas cordas, com importâncias que vão das fitas verdes à vermelhas. Outras crianças, adolescentes e mesmo adultos, que também fazem aula de capoeira, poderão, em breve, participar de um batizado, que também será organizado pela Secretaria Municipal de Cultura.

 

“A capoeira é uma arte e uma cultura maravilhosa. Valorizar as manifestações que fazem parte da nossa história é importantíssimo, pois exalta a representatividade que o nosso povo teve e ainda tem. A Secretaria de Cultura está sempre disposta e de braços abertos para contribuir com ações de aprendizado e transformação social”, comentou a Secretária de Cultura, Valdirene Braga.

 

 

 



Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página