Igarapé, 25 de julho de 2017

Prefeitura Municipal de Igarapé

Você sabia?
Imprimir Email

Meio Ambiente

População prestigia 1º Feira de Cultura Ambiental

por Assessoria de Comunicação

05/04/2017 16:28

A Prefeitura de Igarapé, em parceria com o Grupo de Defesa Ambiental Guará, realizou, nesta quarta-feira (05/04), a 1º Feira de Cultura Ambiental. Na ocasião, foram transmitidas à população muitas informações sobre como devemos cuidar do meio em que vivemos. Os órgãos ligados à temática da Feira de Cultura puderam ressaltar como é necessário preservar a diversidade das espécies presentes na fauna e flora, sobretudo da região.

 

Na oportunidade, o Prefeito Carlos Alberto da Silva (Nem), falou sobre a importância de iniciativas que contribuam e conscientizem a população. “Este é um evento muito importante para o município, por ser a realização da 1º Feira de Meio Ambiente. Essa ação mostra para todos nós o valor do meio ambiente, e como ele interfere diretamente em nossas vidas. Igarapé é uma cidade com grandes riquezas naturais, e merece todo o cuidado e preservação”, comentou o Prefeito, que também parabenizou o Diretor do Grupo de Defesa Ambiental OSCIP Guará, Frederico Etienne.

 

Após a publicação da Lei nº 1.613 de 28/12/2012, foi instituído ao calendário de Igarapé, a Semana Municipal do Meio Ambiente. Um dos organizadores da 1º Feira de Cultura, o Diretor da OSCIP Guará, Frederico Etienne, disse que a iniciativa torna-se um marco no calendário ambiental da cidade, permitindo o início de um ciclo de atividades educacionais e conscientizadas. “A principal essência do evento é trazer para a sociedade a oportunidade de conhecer as tantas entidades que fazem algo pelo meio ambiente. É importante mostrarmos o que temos feito para proteger e melhorar o meio em que vivemos. A partir disso, as pessoas vão se interessar cada vez mais”, explica Frederico Etienne.

 

As crianças e adolescentes das escolas municipais e particulares de Igarapé foram convidadas a participar do evento. Os estudantes mostraram-se curiosos e participativos. Animais, como as cobras e a iguana, foram levados ao evento, por responsabilidade do Parque Ecológico Vale Verde. A espécie dos repteis fez com que o publico ficasse mais próximo de uma das propostas da Feira, que é a promoção do cuidado com os animais.

 

Dentre as atividades realizadas, teve pintura para as crianças, doações de mudas de plantas, cães que estavam em estado grave, e que depois de cuidados tiveram a saúde restaurada. A Polícia Ambiental e o Corpo de Bombeiros puderam expor os seus materiais de trabalho, além de explicar sobre o comércio ilegal de animais, e mesmo os maus tratos. A Associação Mineira de Defesa do Ambiente (AMDA), explicou aos visitantes do evento como são importantes as estratégias de educação ambiental, e mesmo apoio e intervenções de políticas públicas.

 

Também contribuindo com a 1º Feira Ambiental, estiveram presentes a Polícia Militar, a Secretaria de Meio Ambiente, com a exposição do projeto Guardião dos Igarapés, a Copasa, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER-MG), a Associação de Proteção Animal Amigo Feliz e o Departamento de Zoonoses. Os órgãos de defesa do ambiente puderam explicar sobre a preservação da água e do solo, a coleta seletiva, e mesmo a necessidade de mais cautela, quando o assunto são as doenças transmitidas por mosquitos e insetos.



Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página